quarta-feira, 9 de agosto de 2017

ARTIGO: Sobre as origens históricas do Município de Aveiro

Pe. Sidney Augusto Canto

Depois da expulsão dos Jesuítas, o rio Tapajós não foi esquecido pelos governantes do Estado do Grão-Pará. Um lugar antigamente conhecido como Taparajó-Tapera, situado em um terreno alto e plano foi escolhido pelo Governador José de Nápoles Tello de Menezes, para um novo projeto de colonização.
Este Governador incentivou a criação de pequenas indústrias e diversas agriculturas. Por isso mesmo, incentivou que cerca de 200 colonos fossem habitar as margens do rio Tapajós, transformando o antigo povoado de Taparajó-Tapera no Lugar ainda hoje denominado de Aveiro, como se pode ver no próprio documento de criação, que tem o seguinte teor:

José Nápoles Tello de Menezes, por ordem de El Rei, Governador do Grão-Pará, etc (...)
Tendo em que consideração a que no rio Tapajós acima da Vila de Pinhel, da outra parte do mesmo rio, se acham estabelecidos, já com princípio de casas e com um competente número de habitantes, descidos dos matos, em a paragem denominada Taparajó-Tapera, e presentemente com as diligências que de ordem minha vão aumentar-se, com esperança ainda um maior número dos ditos Tapuyos Silvestres, pela atividade e grande eficácia do morador do referido rio, Francisco Alves Nobre. Sendo o meu mui eficiente desejo aumentar de Povoações, promovendo todos os meios conducentes do Comércio, da Agricultura e da Indústria, como um dos principais objetos do adiantamento e da felicidade do Estado, nomeio ao sobredito Francisco Alves Nobre para o emprego de Diretor da referida denominada paragem de Taparajó-Tapera, que de hoje em diante, pela Nova Criação que dela faço, se ficará chamando o lugar de Aveiro. O diretor intendente do Comércio assim o entenda. Pará, 23 de Agosto de 1781. (Assina) José de Nápoles Tello de Menezes.

Como se pode ver pelo documento acima, Aveiro tem sua origem em uma antiga aldeia indígena (Taparajó-Tapera) que, aumentada com mais colonos de origem indígena (Tapuyos Silvestres) ao comando de Francisco Alves Nobre, deram soerguimento ao Lugar de Aveiro, conforme decisão do Governador do Grão-Pará.

Era o início da história de um dos atuais municípios do Rio Tapajós...

Nenhum comentário:

Postar um comentário